Concreto-PVC

Reportagens
Envie para um amigo 
 

Concreto-PVC

Elevada durabilidade e simplicidade na construção são vantagens do sistema

Desenvolvido no Canadá, o concreto-PVC pode ser utilizado na construção de fábricas, hospitais, prédios comerciais, postos de gasolina e vem ganhando cada vez mais força também no segmento das habitações econômicas. O sistema é formado por painéis de PVC preenchidos com concreto e aço estrutural. As paredes vêm com acabamento de fábrica, eliminando pintura e outros revestimentos.

No Brasil, o sistema é encontrado nas espessuras de 64 mm, ideal para a construção de casas térreas, e de 100 mm e de 150 mm, que são destinadas para a construção de alguns sobrados e prédios com térreo e mais quatro pavimentos. “O concreto-PVC se destaca pela rapidez do processo, porque a montagem da parede e a concretagem da casa podem ser feitas em um único dia. Essa é a grande facilidade”, afirma Ricardo Moscheti, gerente da Regional São Paulo da ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland). “A grande durabilidade e a fácil manutenção do sistema também são outros diferenciais”, conclui.

Assim como em outros sistemas industrializados, quanto maior o número de unidades no empreendimento, mais viável fica o sistema. “Mas esse perfil se torna viável em imóveis econômicos também por causa da redução de desperdício de material, do menor número de mão de obra e pela produtividade. Por ser um sistema de fôrma pronta, nós eliminamos a necessidade de acabamento, como rebocos, pinturas e revestimentos, que são itens que encarecem a obra”, afirma Tiago Ferrari, da Royal do Brasil Technologies, fabricante do sistema. “Com o concreto-PVC, o desperdício de materiais tende a zero, porque não se derrama concreto e os perfis já vêm cortados no tamanho que vão ser utilizados”, acrescenta o gerente da ABCP.

O sistema de concreto-PVC pode ser empregado em qualquer região do País, independente do seu clima. “Uma coisa importante é que esse perfil foi testado pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) em todos os quesitos das normas brasileiras e pode ser utilizado em todas as zonas climáticas, com performance igual ou superior da alvenaria. Em itens como conforto térmico e acústico, por exemplo, o concreto-PVC é equivalente e quanto à resistência a corpo mole e corpo duro é muito superior”, diz Ferrari.

Segundo o fabricante, o concreto-PVC possui ainda um ganho de produtividade avaliado em até 40% em relação aos sistemas convencionais. Com isso, a montagem de uma casa de 42 m² é feita em oito dias por uma equipe de quatro pessoas, sendo um profissional qualificado e três ajudantes.

Vale lembrar que o sistema está aprovado na Caixa Econômica Federal para financiamento de construções de moradias térreas e prédios de até quatro pavimentos.

 

Loteamento Terra Nativa

A Serial Engenharia começou a utilizar concreto-PVC em 2009, com a construção de postos de abastecimento de combustível na cidade de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. Atualmente a empresa aposta na construção de casas e sobrados com o sistema em todo o Estado. No loteamento Terra Nativa, em Pelotas, são 115 unidades, sendo 77 sobrados com 64,88 m² e 38 casas térreas de 73,15 m². O valor das unidades varia de R$ 60 mil a R$ 80 mil.

Segundo Rui Lucas, diretor da Serial Engenharia e Estruturas, o concreto-PVC foi escolhido devido à simplicidade na montagem, durabilidade, já que vem com 20 anos de garantia de fábrica, pela redução significativa do consumo de água e energia da obra, por ser antichama (classificação como material Classe A) e por não utilizar equipes e nem ferramentas pesadas.

“O custo direto do sistema se equivale ao do sistema construtivo convencional, mas se colocarmos na composição prazo de execução reduzido, redução da mão de obra e, principalmente, a diminuição significativa das patologias e pós-obra, o sistema se torna muito competitivo”, acredita Rui Lucas.

A construção das casas e sobrados em Pelotas foi feita com fundação radier e parede de 64 mm de espessura. Para aumentar a resistência térmica das paredes, utilizou-se concreto com pérolas de isopor. Já a cobertura foi feita com estrutura mista em aço e madeira e telha cerâmica.

Como construir casas de concreto-PVC

Para casas ou sobrados, adotam-se na maioria das vezes fundações rasas, como o radier

Fotos: divulgação Serial Engenharia

Perfis de PVC já vêm cortados no tamanho correto para o encaixe na base e servem de fôrma para o concreto

Instalações elétricas e hidráulicas são embutidas nas paredes antes da concretagem

Fotos: divulgação Serial Engenharia

A fôrma é preenchida manualmente ou com bombas de lançamento

Fotos: divulgação Serial Engenharia

A cobertura, nesse caso, foi feita com estrutura mista de aço e madeira e telha cerâmica

Fotos: divulgação Serial Engenharia

 

Os painéis receberam um acabamento simples na fachada

 

Fotos: divulgação Serial Engenharia

 

Ficha Técnica
construção, incorporação e projetos de arquitetura, instalações elétricas, hidráulicas e de telefonia: Serial Engenharia & Estruturas; projeto de estrutura metálica e de esquadria: Sermetal; terraplenagem: Santana Terraplenagem; sondagem: Fundacol; mão de obra, fundações, estrutura de concreto, acabamentos internos, instalações elétricas, hidráulicas e de telefonia: Serial Engenharia; estrutura metálica, cobertura e janelas: Sermetal; concreto: Schumann; aço: ArcelorMittal; blocos de concreto: ACPO; cimento: Votoran, Cimbagé; azulejo: Bella Grês; portas: Sincol; ferragens: Soprano; tubos e conexões: Amanco; cobertura: Cejatel; fôrmas de PVC: Royal do Brasil.

Anúncios
Esse post foi publicado em Arquitetura e Engenharia. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Concreto-PVC

  1. Aldemir Silva disse:

    OLÁ PESSOAL

    QUEM TIVER INTERESSE EM CONSTRUIR E SABER AS VANTAGENS DO CONCRETO PVC E CASAS PODEM ENTRAR EM CONTATO COMIGO ATRAVÉS DO EMAIL ABAIXO
    NÃO SE ESQUEÇA DE DIZEREM A CIDADE E O ESTADO DE ONDE VCS SE LOCALIZAM

    ALDEMSILV@GMAIL.COM

    GRATO ALDEMIR SILVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s