PINIweb.com.br | Escritório brasileiro PPMS Arquitetos Associados fica em segundo lugar em competição internacional de arquitetura no Gabão | Construção Civil, Engenharia Civil, Arquitetura

12/Novembro/2012

Escritório brasileiro PPMS Arquitetos Associados fica em segundo lugar em competição internacional de arquitetura no Gabão


Arquitetos propuseram a construção de edifício circular, com estrutura translúcida de concreto pré-fabricado e vidro. Brasileiro concorreu com nomes como Foster and Partners, Herzog & de Meuron, Zaha Hadid e Renzo Piano


Gustavo Jazra

 

O projeto desenvolvido pelo escritório brasileiro PPMS Arquitetos Associados, em parceria com os escritórios Metro Arquitetos Associados e SIAA Arquitetos Associados, ficou em segundo lugar na competição internacional para a reforma do Centro de Conferências de Libreville, capital do Gabão. Vencido pelo WORKac, o concurso, só para convidados, ainda contava com nomes como Foster and Partners, Herzog & de Meuron, Zaha Hadid, Renzo Piano, OMA, Jean Nouvel e Frank Gehry, entre outros.

 

Divulgação: PPMS Arquitetos Associados

Segundo o escritório brasileiro, atualmente o Gabão é uma nação emergente que é peça-chave na reestruturação econômica e política da África e é justamente esse momento do país que a arquitetura do Centro de Conferências pretende apresentar.

O projeto prevê a criação de edifício circular de 110 metros de diâmetro com uma cobertura translúcida, feita com placas de concreto, pré-fabricadas, de grande resistência. O material, vazado, foi escolhido por ser capaz de proteger termicamente a construção. “A ideia central foi “envelopar” o edifício, dotando-o de todas as novas funções necessárias, e ao mesmo tempo conferindo-lhe um caráter mais monumental e inequivocadamente contemporâneo”, conta o arquiteto Pedro Paulo de Melo Saraiva.

Além dessa, uma segunda cobertura consta no projeto. De vidro, interna e curva, esta protegeria o hall central sem impedir a entrada de ar e chuva e a leitura visual do restante da construção. Essa área protegida abrigaria os espaços de recepção, acolhimento e distribuição (lobby), além do café.

O principal espaço do Centro de Conferências é um auditório para 1.000 lugares, capaz de ser dividido por uma cortina isolante em dois auditórios independentes para 500 lugares. O complexo ainda abriga um local de exposições.

Externamente, o edifício seria ligado ao Banquet Hall e ao Spectacle Hall, prédios já existentes, por meio um espelho d””””água, o que, de acordo com os arquitetos, traria unidade paisagística ao conjunto. A área construída total é de 18.971 m².

“O que sentimos nesta reapresentação era que nosso projeto tinha grandes chances, pois era bastante viável técnica e economicamente”, disse Saraiva. Os três primeiros colocados no concurso foram convidados a reapresentar os projetos pessoalmente em Libreville.

 

Divulgação: PPMS Arquitetos Associados

 

Divulgação: PPMS Arquitetos Associados

 

Divulgação: PPMS Arquitetos Associados

 

Divulgação: PPMS Arquitetos Associados

 

Divulgação: PPMS Arquitetos Associados

 

Divulgação: PPMS Arquitetos Associados

 

Divulgação: PPMS Arquitetos Associados

 

Divulgação: PPMS Arquitetos Associados

Confira, na página a seguir, a ficha técnica do projeto.

Arquitetos propuseram a construção de edifício circular, com estrutura translúcida de concreto pré-fabricado e vidro. Brasileiro concorreu com nomes como Foster and Partners, Herzog & de Meuron, Zaha Hadid e Renzo Piano


Gustavo Jazra

 

Ficha técnica

Arquitetura:
– PPMS Arquitetos Associados – arquitetos Pedro Paulo de Melo Saraiva, Fernando de Magalhães Mendonça, Pedro de Melo Saraiva
– Metro Arquitetos Associados – arquitetos Gustavo Martins Cedroni, Martin Corullon
– SIAA Arquitetos Associados – arquiteto Cesar Shundi Iwamizu

Colaboradores:
– Alex Lima de Holanda, Andrei Barbosa, Bruno Salvador, Bruno Jin Young Kim, Dulci Cipriano, Felipe Fuchs, Filipe dos Santos Barrocas, Maria Francisca Lopes, Marcelo Macedo, Marina Ioshii, Luis Tavares, Paula Hori, Rafael Goffinet , Rafael Carvalho, Rafael de Souza

Paisagismo:
– EKF Arquitetura de Exteriores: Arqª Evani Kuperman Franco; Mauricio Soares Alito; Robson Rodrigues de Camargo

Projeto do zoo:
– Liliane Milanelo

Projeto da área de golfe:
– Roberto Ferrari

Estrutura:
– Kurkdjian & Fruchtengarten Engenheiros Associados – Eng. Jorge Zaven Kurkdjian

Fundações:
– MG&A – Engº Mauri Gotlieb

Projetos hidráulicos e de instalações:
– LMSA Engenharia de Edifícios S.A.
Project Management: Luís Elvas / João Brás
HVAC: João Brás
Elétrica: Marcelino Lopes
Comunicações: Paulo Teixeira
Segurança: Catarina Neves
Hidráulica: Márcio Pereira
Iluminação: Luis Elvas
Sistema de gerenciamento: Valter Campos
Acústica: Odete Domingos
Sustentabilidade: João Pedro Santos / Miguel Coutinho

Modelo eletrônico:
– Ricardo Canton

Projeto gráfico:
– Marcio Tanaka

Memorial descritivo de arquitetura:
– Guilherme Wisnik

Concepção artística:
– Fernando Lemos

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para PINIweb.com.br | Escritório brasileiro PPMS Arquitetos Associados fica em segundo lugar em competição internacional de arquitetura no Gabão | Construção Civil, Engenharia Civil, Arquitetura

  1. Elcir disse:

    Todos estão de parabéns essa construção é uma verdeira obra de arte tudo nele atrai olhares
    e admiração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s